Lendo agora:
O frio na barriga é bom para você
Artigo completo 3 minutos de leitura

O frio na barriga é bom para você

Lembre-se daquele frio na barriga, que todo mundo conhece e tem, seja antes de uma apresentação importante no trabalho, seja antes da luta ou mesmo antes de chegar naquela gata que você tem paquerado a noite toda. Ele é muito mal interpretado como um sinal de nervosismo, um aviso de que tudo pode dar errado, de que estamos perdendo o controle etc. E, por isso, somos instruídos a “relaxaaar”.

frio3Relaaaxe… 

Cresce absurdamente a quantidade de psicólogos voltados ao ensino do relaxamento, de técnicas de visualização, para que você não sinta tudo isso quando sob pressão. Aliás, estresse, nesse sentido da palavra, virou o inimigo a ser combatido. A quantidade de dinheiro gasto em workshops, treinamento de pessoal a respeito disso é absurda. Seja entre executivos, entre grandes atletas ou entre músicos. Mas seria essa abordagem de relaxamento a melhor maneira de lidar com situação de grande tensão?

Talvez não. De fato, como o Dr. John Eliot, no seu livro Overachievement, tudo isso é um mal-entendido, caminhando por gerações. Todas essas mudanças rápidas que seu corpo passa numa situação “extrema” são adaptações evolutivas. E positivas.

Imagine o seguinte cenário: um Homo erectus, no meio da selva, encontra um tigre enorme. Ele, claro, precisa fugir rápido. Para isso, não é necessário saliva (boca seca), a digestão precisa ser interrompida para redirecionar energia para os membros (“borboletas” no estômago), o sangue é mandado para os músculos (gerando palidez na superfície da pele) etc.


Radiografia do frio na barriga 

Todas essas alterações fisiológicas acontecem por um motivo: levar sua performance para outro nível quando a situação exigir. Então, não faz sentido querer relaxar, fazer toda essa sensação ir embora, porque ela não vai e, se for, você vai perder todo esse estímulo natural que te ajudaria.

De fato, sempre há uma memória nossa na qual nossa performance foi péssima. Seja aquela peça infantil em que você esqueceu a fala e ficou envergonhado na frente da escola inteira, seja naquela entrevista de emprego, na qual você “congelou” e gaguejou o tempo todo. Usualmente, nossos pais e amigos atribuem esse fenômeno ao fato de estarmos nervosos. Bobagem. O que provavelmente aconteceu é que realmente não estávamos preparados o suficiente, nem para atuar, nem para a entrevista, e culpamos uma reação fisiológica que surgiu para nos ajudar nesses momentos!

Então, dá próxima vez que estiver “sob pressão”, e seu estômago parecer estar em queda livre, lembre-se do motivo daquilo estar ocorrendo e simplesmente sorria. Estando preparado, every little thing is gonna be all right.

ProfileImageHandlerPaulo Roberto

Aspirante a engenheiro químico. Curte um bom papo, leituras agradáveis e amigos que valham a pena ter por perto. Divaga por aqui, escreve no blog “Um Papo Livre” e responde por @paulorrj no Twitter .

(Fonte: Portal Homem / Fotos: Reprodução)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.