Lendo agora:
Arroz: não é de festa, mas vai bem com tudo
Artigo completo 3 minutos de leitura

Arroz: não é de festa, mas vai bem com tudo

Olá internautas, estive um pouquinho afastado, mas estou de volta!

Sem Título-1

 

Hoje irei falar sobre o arroz, este alimento que, muitas vezes, tem fugido da mesa de algumas pessoas, pelo fato de falarem mal do coitadinho – ele engorda! Mas, dá pra comê-lo sem culpa se diminuirmos a quantidade e evitá-lo à noite, por ser um carboidrato. Além disso, o arroz contêm ferro e vitaminas do complexo B, e quando combinado com feijão e outras leguminosas, como os verdinhos, lentilha e ervilha, transforma-se em rica fonte de proteína.

Para começar, uma curiosidade: você sabia que o arroz é uma planta da família das gramíneas (capins, gramas), sendo o terceiro alimento mais cultivado do mundo, atrás apenas do trigo e do milho? Essa maravilha gostosa e barata é originária do Japão, onde é cultivado há milênios. Acredita-se que seu cultivo tenha mais de 7.000 anos. Interessante, não é? Com um alimento assim fácil de cozinhar e combiná-lo com outros deliciosos sabores – carne, frango, peixe, frutos do mar, risotos, passas e verduras de um modo em geral, pois contribuem para o enriquecimento deste prato.

Com o sucesso das panelas elétricas de arroz que facilitam ainda mais o nosso cotidiano, dá para se fazer diversas receitas. E mais, o arroz é um prato que rende bastante, quer ver? Que tal cozinhar, por exemplo, uma xícara de arroz, com 300 gramas de bacalhau refogado (não esqueça de tirar o sal do bacalhau), cebola e noz moscada. Essa receita é prática, fácil e bastante saborosa e você pode servir até quatro pessoas muito bem.
Já que meu propósito aqui é dar dicas de como comer bem e, claro, rápido e barato, hoje eu trago uma receita deliciosa de arroz com frutos do mar. Parece uma Paella, mas a diferença é que a autêntica Paella Valenciana vem com a união de vários alimentos característicos da região de Valência (Espanha): arroz, frango, coelho, pato e com a propagação dessa receita pela costa, foram acrescentados frutos do mar: camarões, lulas, lagostins, mexilhões, e polvo, tornando-o um prato misto entre terra e mar. Assistam ao vídeo que fiz, pois desta forma fica mais fácil vocês elaborarem este prato. Então galera, vamos tentar deixar de lado o arroz vilão e saborearmos este prato delicioso!

Confiram, agora, a receita de Arroz com Frutos do Mar.

 

10755029_10205522943901386_417938241_n

 

 

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.