Lendo agora:
Rio Vermelho recebe os últimos preparativos para a festa de Iemanjá
Artigo completo 4 minutos de leitura

Rio Vermelho recebe os últimos preparativos para a festa de Iemanjá

Ao todo, 500 balaios estão disponíveis para que os devotos deixem seus presentes

Riovermelhoie_BJ

Pescadores vão entregar o presente à Rainha das Águas

A água da Praia da Paciência, no Rio Vermelho, estava limpa e calma no sábado. Perto do meio-dia, a psicóloga Mariana Cordeiro, 31 anos, desceu até a areia e tirou do bolso o frasco de alfazema para passar nas pétalas brancas do buquê de rosas que segurava. Mariana se agachou e lançou ao mar as flores, de duas em duas. E o mar, aos poucos, levou o presente para a dona. Mariana é devota de Iemanjá, e não sentiu a falta da multidão do dia 2 de fevereiro, nem está preocupada  por ter antecipado a homenagem.

“A ligação que eu tenho com ela (com Iemanjá) é independente disso. Estarei trabalhando na segunda (amanhã), mas não poderia deixar de vir agradecer pelo o ano que passou”.  Até amanhã, homenagens como essa irão se multiplicar. Os caminhos levarão a Iemanjá.

Enquanto isso, a prefeitura prometeu entregar o Rio Vermelho pronto para festa no sábado mesmo. Só no começo de hoje será possível ver o presente principal, quando ele chega sob salva de fogos, por volta das 5h. Segundo os organizadores, o presente está pronto há seis meses.

Mas a programação começa bem antes. De madrugada, às 3h, os pescadores vão entregar o presente a Oxum, no Dique do Tororó. “A festa religiosa segue até o retorno da procissão marítima, 16h de hoje. No retorno se encerra a parte do sincretismo, e começa a parte profana, para cada um tomar sua cervejinha”, diz o responsável pela Colônia de Pescadores Z1 (Rio Vermelho), Marcos Souza.  Desde sábado já estavam disponíveis 500 balaios, para quem deseja deixar sua homenagem que será lançada junto com o presente principal.

A festa é organizada pela comunidade, enquanto a prefeitura cede estruturas públicas e ajuda financeira. Dentre as ações listadas pela prefeitura estão a manutenção da Casa de Iemanjá, limpeza e montagem do barracão para entrega dos presentes, desobstrução do sistema de drenagem e a montagem de estruturas e recuperação do piso em pedras portuguesas.

Estarão presentes, na festa, 252 fiscais da Secretaria Municipal de Ordem Pública, porém, diferente do ano passado, não vai haver fiscalização para exclusividade na venda de cervejas pelos ambulantes. A estrutura para garantir a limpeza da festa conta com 250 agentes, 225 sanitários químicos e 25 banheiros convencionais. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), o investimento será de R$ 110 mil – sete mil a mais do que no ano passado. O valor será pago após a festa.

A Polícia Militar também montou um esquema especial:  773 policiais militares vão fazer a segurança, além de apoiar a passagem do presente principal pela multidão.  Já o plantão da Polícia Civil será reforçado das 7h de hoje até 19h de amanhã, com 40 servidores. Um carro-presídio será instalado no local para quem, fora do clima, procurar confusão.

No dia da festa, a Banda do Rio Vermelho e o Bailinho de Quinta são algumas das atrações que vão animar o palco da Praça Brigadeiro Faria Rocha, próximo à Companhia da Pizza. A circulação de trios e minitrios foi proibida.

Além disso, ao redor da festa há uma série de eventos particulares. O espaço Lalá Multiespaço realiza o Festival Oferendas; o bar Santa Maria Pinta e Nina, no Largo da Dinha, promove a Feijoada Yemanjá é Black, com o cantor Dão; Na Fonte do Boi, onde acontece A Feira da Cidade, evento gastronômico, vai ter também DJs na loja de discos Midialouca.

Tem ainda blocos como  Amigos do Rio Vermelho, em que desfilam só moradores. No clima de quem antecipa as homenagens, hoje, o Coletivo de Entidades Negras (Cen), às 10h, entrega um “presente ecológico” no Solar do Unhão, na Avenida Contorno.  No entanto, por conta da festa de largo em plena segunda,  parte dos serviços do bairro será suspensa, como o atendimento na Caixa Econômica Federal e na agência dos Correios.

(Fonte: Portal Jornal Correio da Bahia / Foto: Betto Jr/Correio)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.