Lendo agora:
Riqueza cultural do Marrocos inspira a coleção”Shukran” da Thereza Priore
Artigo completo 2 minutos de leitura

Riqueza cultural do Marrocos inspira a coleção”Shukran” da Thereza Priore

Depois de imergir na cultura do Marrocos, durante uma viagem que aconteceu há dois meses, a empresária Adriana Régis se debruçou sobre a cultura do país africano para criar a coleção “Shukran”, da Thereza Priore para a Primavera/Verão 2020, que foi lançada na loja da Bahia Marina – que ganhou uma repaginada assinada pela arquiteta Virgínia Santa Bárbara e vitrine de Mauro Braga. A expressão árabe “Shukran” quer dizer “Obrigado” em português e essa ideia de gratidão pela inspiração será retratada nas novas peças que vão permear as vitrines e araras da marca.

Essa coleção chega tendo como fonte de inspiração as descendentes dos povos Berberes, os mais antigos habitantes do norte da África, e que há 9 mil anos perpetuam seu idioma e suas tradições pelo Marrocos. Uma delas é o maximalismo. Elas usam fileiras de mais de dezenas de colares, pulseiras, brincos e adornos coloridos na cabeça, que remetem à riqueza, a hierarquia tribal e a beleza. Tudo sempre produzido por elas, que também são artesãs natas. Há também o costume do uso de tatuagens no rosto, fato intimamente ligado à estética, com o intuito de se destacar dentro das tribos, e em outras partes do corpo, como forma de proteção contras maus espíritos.

Todos esses traços da riqueza cultural marroquina serão retratados na coleção, que vai apostar em kaftans, vestidos, saias, blusas, calças e acessórios exclusivos. “Tivemos a honra de conhecer e vivenciar momentos do dia a dia das mulheres Berberes no Marrocos. Elas são lindas, exuberantes e o melhor de tudo: livres – uma coisa muito difícil de presenciarmos no mundo árabe. Essa coleção será muito especial pois será dedicada à liberdade e ao empoderamento feminino”, diz Adriana Régis.

Foto: Divulgação

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.