Lendo agora:
O vendedor de passados
Artigo completo 2 minutos de leitura

O vendedor de passados

Você acredita em tudo que te dizem? Desde que o mundo é mundo, o homem guarda fragmentos do seu passado através de fotos, vídeos e /ou objetos, mas e se você pudesse comprar e fabricar o passado a seu favor?! Excluir verdades, traumas, sofrimentos, alterando erros ou lembranças do passado e criar aquele conto de fadas, aquilo que te agrada?!

O VENDEDOR DE PASSADOS

A trama O Vendedor de Passados  é uma adaptação do livro de mesmo nome, escrito pelo angolano José Eduardo Agualusa e dirigido por Lula Buarque de Hollanda. Narra a vida de Vicente (Lázaro Ramos) que ganha a vida criando novos passados, histórias de vida dos seus clientes por meio de documentos, fotos e vídeos, para ele o passado é tudo aquilo que você lembra, imagina que lembra ou finge lembrar. Até que os seus talentos de falsário colocam em seu caminho Clara (Alinne Moraes), uma mulher misteriosa e atraente que chega com um pedido especial: sem dar a ele nenhuma informação de sua história, o que pra ele até então era seu ponto de partida dos outros trabalhos, ela encomenda um novo passado, partindo do zero e sua única exigência é ter cometido um crime.

Sem perceber, Vicente se envolve com a personagem que ele mesmo criou, num jogo em que realidade e ficção se confundem perigosamente, afinal uma mentira bem contada pode se tornar verdade e o caminho em que elas podem se cruzar se mostra em um determinado ponto muito linear ou perpendicular!  Numa mistura entre criador e criatura os passados até então criados, se confundem com a realidade.

“O filme é uma história de amor e é de aventura porque a gente acompanha onde esse cara vai chegar e como ele vai se livrar das armadilhas que ele mesmo se colocou”, diz Lázaro que ainda ressalta que o filme vem sobretudo, para enaltecer o cenário do cinema brasileiro!

Luan Folha

10799797_841977005824127_1640582950_n

 

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.