Lendo agora:
Mosteiro de São Bento disponibiliza obras raras restauradas e digitalizadas ao público
Artigo completo 2 minutos de leitura

Mosteiro de São Bento disponibiliza obras raras restauradas e digitalizadas ao público

Lançamento do projeto acontece na próxima terça-feira (22); pesquisadores terão acesso online a obras do século XVI ao XIX

RTEmagicC_28_01_txdam200625_2fbba8.jpg

Na próxima terça-feira (22), o Mosteiro de São Bento apresenta o projeto de restauração e digitalização de livros raros de uma das mais importantes bibliotecas do Brasil. Serão disponibilizadas 60 obras ao público dos séculos XVI ao XIX, , que poderão ser acessadas gratuitamente pela internet através destelink. O lançamento acontece às 10h, com acesso livre.

Entre as obras restauradas e digitalizadas está a coleção ‘Obras Completas de Luiz de Camões’, edição crítica de 1873; o compêndio ‘O Medico do povo’, de 1868; ‘Cartas Selectas’ (1856), de Padre Antônio Vieira; ‘Index Librorum Prohibitorum’ (1764), do Papa Bento XIV; e ‘Historia dos Judeos’ (1793), de Flavio José. Os mais antigos da lista são: ‘Cometario as Sentenças de Duns Scoto’ (1503), do Fr. Nicolau de Orbellis, e ‘Suma Theologica Secundae’ (1534), de São Tomas de Aquino.

Primeiro mosteiro fundado pela ordem dos Beneditinos nas Américas, em 1582, e tombado pelo Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN) na década de 1930. Atualmente, o São Bento conta com acervo composto por mais de 200 mil volumes, enquanto o setor de obras raras possui aproximadamente 13 mil obras impressas do séc. XVI ao XIX.

(Fonte: Portal iBahia / Foto: Divulgação)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.