Lendo agora:
Ô menina chata…
Artigo completo 2 minutos de leitura

Ô menina chata…

avestruz

Estávamos em um restaurante e eu critiquei o espaço: “A parte superior é pequena, poderia ser mais aconchegante”, ao que o amigo retrucou: “Mas o restaurante é bacana, aqui onde estamos é legal”. Só que o meu direito de tréplica me obrigou a dizer: “Mas isso não faz com que a parte superior seja boa…”

Lembrei desse “tenso” diálogo para falar de realidade. Palavrinha incômoda, que muitas vezes frustra sonhos, arruína projetos, deixando-nos nus e de cara com nós mesmos (o que é pior…). E é aí, meu senhor e minha senhora, que o bicho pega. E se a gente correr arrisco dizer que, além de pegar, ele come, ou seria o contrário? Deixa pra lá…

O fato é que encarar a realidade nem sempre é fácil, porque a danada sempre lança uma pergunta quando olhamos pra ela: “O que você vai fazer a respeito?” Eu, particularmente, nem sempre tenho a resposta. Pra falar a verdade, às vezes não sei nem por onde começar…

Ao longo da vida, descobri que pedir calma para mim mesma é o melhor começo. Depois, procuro chamar a tal realidade em um canto para um papinho entre amigas e logo me adianto: “O que você sugere que eu faça?”, sabendo eu que a resposta pode ser um sonoro NADA!

Uma coisa é certa: fingir que não a vejo pode ser a mais arriscada das escolhas, porque ela continuará ali, chata, resistente, fazendo seus estragos silenciosamente e puxando a barra da minha saia (ou calça), sem me deixar esquecer da sua presença.

Ainda que esperneie, xingue, rogue-lhe uma praga, não adianta: dali ela não sai, dali ninguém tira ela, a menos que eu faça algum movimento que a transforme em um senhor de caráter mais provocativo e estimulante chamado DESAFIO…

Observação importante: Enterrar a cara na areia pode sufocar…

silvana  assinatura

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.