Lendo agora:
Neste exato momento
Artigo completo 3 minutos de leitura

Neste exato momento

borboleta-azul-2

As pessoas estão acostumadas a se concentrar nas próprias histórias. O que estou passando agora, é o que define meu humor, minha força de vontade, minha maneira de interagir com outros… Quando estamos mal, o mundo todo parece cruel e nos tornamos mais introspectivos.

Pois nesse momento é que deveríamos olhar para outras histórias…

Dia desses, fui a um concerto de violão do artista Tommy Emmanuel, um incrível músico. Antes de cada som, ele contava uma história sobre a música que viria e eu achei sensacional sua maneira de traduzir palavras em notas. Suas músicas são realmente maravilhosas, ele toca com muita paixão e passa isso a cada nota, mas eu me encantei mesmo com as histórias… A cada uma, podia ver o cenário e, enquanto ele tocava, passava o filme, com trilha sonora, em minha cabeça.

Uma delas, era sobre uma das suas músicas preferidas, composta por seu ídolo. Ele contou como aprendeu a tocar, como aquele som era importante para ele e que, depois de anos de carreira, conseguiu sentar e tocar a mesma música com seu compositor.

Fiquei imaginando aquilo: sentar com seu ídolo e fazer algo junto… Que sentimento maravilhoso deve ser!

Ele mencionou a data do acontecimento e eu fiz as contas, instantaneamente, imaginando onde eu estava naquela data. Estava no último ano de faculdade e, provavelmente, meio sem rumo, um pouco decepcionada com a vida amorosa… – Minha preocupação maior sempre foi o amor, tudo sempre girou em torno disso para mim.

Nesse momento, surgiu um sentimento bom… Enquanto eu vivia um dia comum ou, até mesmo, um dia ruim, alguém realizava um sonho. Alguém sentava pra tocar com seu ídolo… Não é incrível?

Neste exato momento, hoje, um bebê está nascendo e algum pai o segura pela primeira vez, outra mãe está amamentando e se apaixonando por esse momento… Alguém faz a viagem que planejou há anos, alguém vê o mar pela primeira vez e se perde no som das infinitas ondas, outros estão se encontrando no aeroporto, depois de muito tempo de espera… O reencontro, as lágrimas de felicidade, os abraços quentes… Um carro novo, a primeira casa própria, o primeiro salário… Alguém está se apaixonando, alguém está vivendo seu primeiro beijo, dizendo “sim” na igreja, com os olhos cheios de futuro… Neste exato momento, milhões de corações em festa, milhões de coisas maravilhosas acontecem, enquanto escrevo um simples texto, em um dia como qualquer outro em minha vida…

Naquele show, depois daquela história, decidi que ia usar esse pensamento sempre que me sentisse triste ou desmotivada.

Neste exato momento, em qualquer momento, é simplesmente um desperdício pensar em coisas tristes… sonhos são realizados, sorrisos são abertos, borboletas agitam-se… em algum lugar no mundo.

Carol Szabadkay

 

(Fonte: Portal Curta Crônicas / Foto: Site Papel de Parede)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.