Lendo agora:
Especialista alerta que crianças devem praticar exercícios como brincadeira
Artigo completo 3 minutos de leitura

Especialista alerta que crianças devem praticar exercícios como brincadeira

Definir um limite para a prática de exercícios não é fácil, pois cada criança possui seu ritmo

Definir um limite para a prática de exercícios não é fácil, pois cada criança possui seu ritmo

A prática de exercícios físicos não deve ser um hábito apenas dos adultos, mas principalmente das crianças. É o que afirma o profissional de Educação Física, Daniel Cancelli, que também coordena o Departamento Infantil da Unique Fitness (Unique Kids – unidade Asa Sul), localizada em Brasília no Distrito Federal. Cerca de 300 crianças praticam diversas modalidades, combinadas com brincadeiras, no local.

“O exercício na infância, seja ele de cunho lúdico ou não, tem como principal objetivo o desenvolvimento motor da criança”, afirma Cancelli. Segundo ele, a prática de atividades bem orientada ajuda a desenvolver a fase de crescimento deles, além de estimular a socialização com os demais pequeninos. “Isso tudo aliado a uma boa rotina diária faz com que a criança tenha uma vida mais saudável e cresça da melhor forma possível”.

A prática de exercícios para os pequeninos deve estar associada ao prazer que a criança possui numa determinada modalidade. “A atividade tem que acontecer de uma forma que a criança se divirta, para que ela crie gosto pelo exercício e possa levar esta prática no futuro”, explica o professor.

Para isso, o profissional de Educação Física deve adaptar as aulas infantis, criando brincadeiras que estimulem os pequenos. “Fora das aulas, os pais podem incentivar seus filhos para a prática de diversas atividades, como andar de bicicleta, brincadeiras na piscina, jogar bola, entre outras”.

Alerta para abusos

Os exercícios físicos podem trazer diversos benefícios para a saúde das crianças, mas também apresentam perigos quando há excessos na prática. O professor alerta que os pais devem prestar atenção no desempenho deles. “Se a criança chegar em casa e dormir profundamente, ao ponto dos pais não conseguirem acordá-la, pode ser um sinal de exaustão”, explica. Neste momento, o importante é que os pais fiquem atentos, pois os seus filhos podem estar sendo estimulados excessivamente.

Definir um limite para a prática de exercícios nos pequenos é uma tarefa nada fácil, pois cada criança possui seu ritmo. O importante é observar se aquela determinada modalidade está sendo prazerosa ou não. “Desta forma, o exercício será sempre benéfico para a criança”, finaliza.

(Fonte: Portal Jornal Tribuna da Bahia / Foto:  Tommy Wong/Flickr/Creative Commons)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.