Lendo agora:
Dia do Nutricionista: A importância deste profissional para os adeptos do veganismo
Artigo completo 4 minutos de leitura

Dia do Nutricionista: A importância deste profissional para os adeptos do veganismo

Dia-do-Nutricionista-2-471x550

Nesta quarta-feira, 31/08, comemora-se o Dia do Nutricionista. A data foi escolhida em virtude da criação da Associação Brasileira de Nutricionistas (ABN), que ocorreu no mesmo dia, no ano de 1949. A entidade foi substituída pela Federação Brasileira de Nutricionistas e, posteriormente, pela Associação Brasileira de Nutrição (Asbran).

Criada para homenagear os nutricionistas que se dedicam a promover a qualidade de vida e a educação alimentar, a data tem ainda mais importância quando observamos o índice de sobrepeso e obesidade da população brasileira. Segundo dados da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), divulgada no último ano pelo Ministério da Saúde, 52,5% da população adulta está acima do peso e, dentro dessa parcela, 17,9% estão obesos. Ao longo de sua duração (2006-2014), o levantamento ainda constatou que a taxa de pessoas acima do peso cresceu, aproximadamente, 10%. Neste, e em outros contexto relacionados à má alimentação, o nutricionista é um importante aliado para ajudar a reverter tais cenários.

“Além de auxiliar nas dietas, o nutricionista tem um papel muito importante na prevenção de doenças, por meio de uma alimentação saudável, e consequentemente, na qualidade de vida das pessoas”, afirma Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, empresa alimentícia especializada em produtos saudáveis.

Veganismo

Segundo Cyntia, qualquer dieta, seja para perder peso ou ganhar massa muscular, precisa ter a chancela e o acompanhamento do nutricionista para que a mesma tenha o efeito desejado. “Realizar alterações radicais na alimentação sem ter o acompanhamento adequado pode colocar a saúde em risco e trazer complicações”, explica.

A especialista pontua que para as pessoas que desejam aderir ao veganismo, filosofia de vida que rejeita qualquer bem de consumo obtido pela exploração animal, essa consultoria é ainda mais imprescindível. “É a melhor forma para sanar dúvidas e receber orientações de como podem ser feitas as substituições alimentares. Além disso, conduzir o plano alimentar da maneira correta minimiza de forma substancial as chances de desenvolver déficits nutricionais”, explica.

De acordo com a consultora da Superbom, no momento da montagem do cardápio de um novo adepto do veganismo fatores como estado de saúde, hábito alimentar e estilo de vida do indivíduo são levados em conta pelo profissional especializado. “Cada metabolismo possui sua especificidade, portanto, a conduta alimentar varia de pessoa para pessoa. E em alguns casos, por exemplo, existe a necessidade de suplementação de vitaminas. Além da visita inicial, o vegano deve fazer avaliações e consultas com frequência para realizar eventuais adaptações na dieta”, conclui Cyntia, da Superbom.

Sobre a Superbom
A Superbom é uma empresa alimentícia, que trabalha com uma linha de produtos saudáveis, que abrange sucos, geleias, salsichas, proteínas, pratos prontos, entre outros. Fundada em 1925, a Superbom comercializa os seus produtos em mais de 25 mil pontos de vendas em todo país. Em função disso, é considerada uma das principais empresas do ramo de alimentos para veganos e vegetarianos do Brasil. A empresa iniciou as suas atividades com a produção de suco de uva, no interior de uma antiga casa pertencente ao Colégio Adventista Brasileiro (CAB), que posteriormente ficou conhecido como Instituto Adventista de Ensino e, hoje, abriga o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp-SP). Durante toda a sua história, a empresa atua diretamente ligada à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Atualmente, a companhia conta com 250 colaboradores, entre a sede e as duas plantas da indústria (localizadas em São Paulo, capital, e em Lebon Régis, Santa Catarina).
www.superbom.com.br

Foto: Google

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.