Lendo agora:
Sexo com amor é o preferido das mulheres
Artigo completo 3 minutos de leitura

Sexo com amor é o preferido das mulheres

Pesquisa mostra que ser apaixonado pelo parceiro torna prática sexual mais prazerosa

diarios-de-uma-paixao

Conexão entre amor, sexo e casamento permanece importante durante toda a vida, como aponta o estudo

PENSILVÂNIA, EUA – Para muitas mulheres, amor e compromisso podem tornar o sexo fisicamente mais prazeroso, de acordo com uma pesquisa realizada pela socióloga Beth Montemurro da Universidade Penn State Abington, na Pensilvânia, Estados Unidos.

O benefício de ser apaixonado por um parceiro sexual não é somente emocional. Após uma série de entrevistas com mulheres heterossexuais de 20 a 68 anos com diferentes experiências, o resultado foi que a maioria acredita que o amor era necessário para a máxima satifação em relações sexuais e no casamento.

– As mulheres disseram que elas uniram amor e sexo e que o amor realmente melhorou a experiência física de sexo – disse Beth Montemurro, professora associada de sociologia.

As mulheres que amavam seus parceiros sexuais também disseram que se sentiam menos inibidas e mais dispostas a explorar a sexualidade.

– Quando as mulheres amam, elas podem sentir maior vontade sexual, porque não só confiam em seus parceiros, como sentem que não há problema em ter relações sexuais quando o amor está presente – disse Montemurro.

Enquanto 50 mulheres das 95 que foram entrevistadas disseram que o amor não era necessário para o sexo, apenas 18 das mulheres inequivocadamente acreditavam que o amor era desnecessário em um relacionamento sexual.

As mulheres mais velhas que foram entrevistadas indicaram que essa conexão entre amor, sexo e casamento permaneceu importante durante toda a vida, e não apenas em determinadas épocas.

MULHERES SÃO EDUCADAS PARA RELACIONAR SEXO E AMOR

A conexão entre o amor e o sexo pode mostrar como as mulheres são educadas para ver o sexo como uma expressão de amor, segundo Montemurro. Apesar de décadas de movimento pelos direitos das mulheres e uma maior consciência do desejo sexual das mulheres, os meios de comunicação continuam a passar uma mensagem cultural forte que liga sexo e o amor para as mulheres, atribuindo uma imagem negativa às meninas e mulheres que têm relações sexuais sem estarem comprometidas com alguém.

– Por um lado, a mídia mostra que o sexo casual é OK, mas ao mesmo tempo, o cinema e a televisão, especialmente, tendem a retratar negativamente as mulheres que fazem sexo fora do relacionamento – disse Montemurro.

De forma semelhante, a mídia muitas vezes retrata o casamento em grande parte sem sexo, mesmo que as entrevistadas tenham dito que o sexo era uma parte importante do seu casamento.

– Para as mulheres que entrevistei, eles pareciam dizer que você precisa amar no sexo e que você precisa de sexo no casamento – afirmou Montemurro.

De setembro de 2008 a julho de 2011, Montemurro realizou entrevistas de cerca de 90 minutos com 95 mulheres que viviam na Pensilvânia, Nova Jersey e Nova York.

Embora algumas das mulheres que foram entrevistadas disseram que tiveram relações sexuais com mulheres, a maioria das mulheres eram heterossexuais e todas estavam envolvidos em relações heterossexuais.

 

(Fonte: Portal Jornal O Globo / Foto: Reprodução)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.