Lendo agora:
Quase 70% das brasileiras preferem relação sexual a uma boa noite de sono
Artigo completo 3 minutos de leitura

Quase 70% das brasileiras preferem relação sexual a uma boa noite de sono

p620440_img_principal_materia

Depois de um dia típico na sua rotina, como você gostaria de terminar a noite? Se você pensou em uma sessão de sexo com o parceiro, deu a mesma resposta que 68% das brasileiras entrevistadas em uma pesquisa realizada para entender o comportamento feminino em diversas questões. Pois é, pouco mais de 30% das analisadas preferiria dormir bem

Bem diferente da realidade nacional, de acordo com a pesquisa feita pela empresa norte-americana de marketing e relações públicas FleishmanHillard, nos ESTADOS UNIDOS 40%das mulheres escolheram sexo ao invés do travesseiro, enquanto no REINO UNIDO O PERCENTUAL É DE 32% e na CHINA atinge apenas 30%. Questionadas se prefeririam ficar três meses SEM TER RELAÇÕES OU SEM TECNOLOGIAS, as norte-americanas e europeias optaram por abrir mão do parceiro. Apesar das diferenças percentuais entre os países, a maioria se declarou satisfeita com a vida sexual.

Por causa de segurança, mulheres preferem dinheiro ao invés de poder ou relação afetiva. Foto: ThinkStok

Além da preferência em relação ao sexo ou ao sono, o estudo nomeado “MULHERES, PODER E DINHEIRO” avaliou a opinião de 4.300 voluntárias em relação a outros três indicadores: segurança financeira x riqueza, qualidade de vida x longevidade e família x desejos próprios.

As entrevistadas foram questionadas a definirem o SUCESSO e, a maioria escolheuSEGURANÇA FINANCEIRA, FAMÍLIA E FELICIDADE ao invés de priorizarem o acúmulo de riquezas ou a carreira. Entre escolher dinheiro, sexo e poder, 80% das entrevistadas optaram pelo DINHEIRO, o que segundo a pesquisa é justificado pelo fato de o poder financeiro trazer segurança para o futuro.

Em relação à QUALIDADE DE VIDA E LONGEVIDADE, 90% afirmou preferir viver mais 10 anos saudáveis ao invés de 20 com limitações de saúde. O maior temor, de acordo com o levantamento, é SE TORNAR UM “FARDO” na velhice e precisar de cuidados constantes.

A pesquisa buscou entender ainda em que idade as mulheres se consideram na FASE DA VELHICE. No Brasil, Estados Unidos e Reino Unido a média é de 70 ANOS, mas o percentual muda de acordo com a idade: aquelas que fazem parte da geração do milênio (18-29 anos) acreditam que a fase começa aos 60,  enquanto as baby boomers (50-59 anos) consideram o início aos 80 anos. Na CHINA, onde a velhice é reverenciada, as mulheres tendem a QUERER ENVELHECER MAIS MAIS CEDO: 50 para mulheres e 60 para os homens.

(Fonte: Portal Daquidali / Fotos: THINKSTOCK)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.