Lendo agora:
Período menstrual pode deixar mulher mais excitada; entenda
Artigo completo 5 minutos de leitura

Período menstrual pode deixar mulher mais excitada; entenda

O homem não deve demonstrar nenhum tipo de repulsa em relação ao estado feminino

O homem não deve demonstrar nenhum tipo de repulsa em relação ao estado feminino

 

Você, mulher, já reparou se durante o período menstrual sente mais vontade de transar? Se sim, saiba que podem existir motivos além do simples desejo para que isso aconteça. Segundo especialistas consultados por UOL Comportamento, hormônios e fatores psicológicos –fundamentais para o orgasmo feminino— podem influenciar.

Uma das explicações, segundo Carolina Ambrogini, ginecologista, sexóloga e coordenadora do Projeto Afrodite da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), é que a testosterona, um dos hormônios responsáveis pela excitação feminina, está em evidência durante a menstruação, enquanto os outros –estrogênio, FSH (folículo-estimulante) e LH (luteinizante)– estão em baixa.

“Principalmente para aquelas que usam pílula anticoncepcional não contínua, que tende a baixar a testosterona e, consequentemente a libido, nesse período é comum o relato de maior excitação, já que acontece a pausa do medicamento”, explica.
A especialista fala, porém, que a maneira como cada uma sentirá esse processo é muito individual e que algumas são mais sensíveis do que outras à testosterona.
Para Sylvia Maria Oliveira Cunha Cavalcanti, ginecologista, sexóloga e presidente da comissão de Sexologia da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), o grande incentivo para o sexo na época é o fato de a menstruação ser o sinal de que a mulher não engravidou, caso esse não seja mesmo o desejo dela.
“A diferença entre o desejo masculino e o feminino é que o primeiro é totalmente biológico, carnal, enquanto o segundo é psicossocial, ou seja, depende de como ela está naquele dia, de um gesto de carinho do parceiro etc. Desta forma, mesmo não tendo quase nada no organismo que colabore para que a libido seja maior durante a menstruação, algumas mulheres podem se sentir mais à vontade e confiantes por saberem que o sangue é o sinal de que não engravidaram”, afirma.
Para as que têm alguma dificuldade de lubrificação, o fluxo menstrual pode ajudar, pois tende a deixar a vagina mais umedecida. “Não é que a lubrificação aumenta durante esse período, mas o sangue pode facilitar a penetração”, explica Arlete Gavranic, psicóloga, terapeuta sexual e coordenadora da pós-graduação em terapia sexual do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática).

Quanto ao orgasmo, Arlete explica que, como em tudo que envolve o sexo, vai depender do quanto a mulher se conhece. “Se ela estiver bem consigo mesma, conhece bem seus pontos erógenos e já sabe seu ritmo para chegar ‘lá’, não terá problemas. Mas, se estiver em um dia ruim, brava ou magoada, terá dificuldades como em qualquer outra época do ciclo”.

Entenda o ciclo menstrual

Independentemente do motivo que leve a mulher a sentir mais vontade de fazer sexo nesses dias do mês, Carolina aconselha evitar os momentos iniciais do período. “Sempre são piores, as cólicas aparecem e o fluxo de sangue tende a ser maior, além daquelas que apresentam maior sensibilidade nos seios. Por isso, pode ser mais desconfortável. Mas, se a mulher não se sente mal nessa fase, sem problemas. Cada uma sabe como e quando se sente mais confortável”, orienta.

Quando o homem é o problema

Mesmo com o desejo sexual à flor da pele, a mulher pode encontrar outro obstáculo que não a escamação do útero: a rejeição do parceiro. A deseducação leva alguns a entenderem a menstruação como algo sujo.
Para algumas religiões, por acreditarem ser o período em que a mulher não pode engravidar, ela não deve ser tocada nessa fase. A crença é a de que o sexo deve acontecer apenas com finalidade reprodutiva, e não apenas por prazer. O pensamento é um engano, pois engravidar durante a menstruação é raro, mas acontece.
“Infelizmente, alguns homens e mulheres ainda têm pouca e má informação sobre o corpo feminino e entendem o período como algo que provoca manifestações psíquicas diversas, como, por exemplo, a TPM (tensão pré-menstrual). Por essa e outras razões, como achar sujo, eles podem ter preconceitos e não quererem transar. Para resolver, é possível conversar e negociar, como tudo que envolve o relacionamento a dois”, explica Eliane Maio, psicóloga, sexóloga e professora-doutora da UEM (Universidade Estadual de Maringá).
Segundo Sylvia, é muito comum que os homens rejeitem a ideia. “O nojo, nesses casos, está arraigado no subconsciente masculino. Mas tem aqueles que transam e tudo bem. Precisamos respeitar a opção de cada um. Assim como em todas as variáveis do sexo, as duas partes precisam se sentir bem para ser prazeroso”, conclui. Uma opinião é unânime: é essencial que, em qualquer prática sexual, o casal use camisinha.
(Fonte: Portal UOL – Thais Carvalho Diniz / Foto: Getty Images)
ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.