Lendo agora:
O que a posição de dormir diz sobre o seu relacionamento? Especialista explica
Artigo completo 5 minutos de leitura

O que a posição de dormir diz sobre o seu relacionamento? Especialista explica

Postura inconsciente adotada durante o sono está ligada às emoções

pose-dentro_img_principal

Conchinha, afastados, de mãos dadas. Já parou para pensar que a postura em que você e o parceiro dormem pode dizer muito sobre seu relacionamento? Pode parecer mito, mas acredite, isso é uma realidade, e o sono é o momento ideal para entender o que precisa ser mudado. “A maneira que você dorme é um espectro emocional e o que conta é a posição que cada um acorda, que é feita de maneira inconsciente”, explica o psicólogo João  Oliveira, mestre em Cognição e Linguagem pena UENF-RJ e doutorando em Saúde Pública pela Universidad Americana.

Vale lembrar que essa regra não se aplica a todos os casos, já que existem variáveis que podem alterar a forma de dormir. “Existem sim as exceções, como ter problemas de coluna, um colchão ruim ou qualquer outro fator que possa afetar o sono”, conta.

Coloque em prática

Antes de falar sobre as posições e o que elas revelam, o especialista lembra que é importante transportar esses ensinamentos para sua vida real, afinal, não existe conhecimento útil se ele não puder ser colocado em prática. “Isso é justamente para você saber que precisa se esforçar mais e aferir sobre como está seu relacionamento. Olhe o parceiro dormindo e preste atenção na sua linguagem, e note onde se está pecando para ajustar e conquistar novamente o outro”, indica.

AS POSIÇÕES

De conchinha ou abraçados


Foto: Igor Mojzes/iStock

Vocês conseguem manter a conchinha até a hora de acordar? Então provavelmente estão no inicio da vida de casados. “Não é uma posição fácil de manter e as pessoas que dormem assim são carentes, ainda muito envolvidas emocionalmente ou que brigaram durante o dia e querem compensar. É comum nos recém-casados, porque é desconfortável”, revela.

Entrelaçados

Assim como quem passa a noite de conchinha, quem dorme entrelaçado com o parceiro costuma estar no início do relacionamento e há uma grande vontade de demonstrar o amor: “Eles querem provar um ao outro que estão muito apaixonados”.

Agarrados

Você ou o parceiro dormem agarrados ao outro? Isso pode não ser um bom sinal. “Quem se agarra mesmo a outra pessoa quer mostrar propriedade, e geralmente é muito ciumento e tem muito medo de perder”, adverte.

De costas um para o outro


Foto: Wavebreakmedia Ltd/Wavebreak Media

Dormir de costas não significa problemas, pelo contrário, pode indicar uma relação muito saudável: “Cada um preserva sua identidade, é um casal que reserva seu próprio espaço e individualidade, e isso é bom. A era de camas e pias separadas está voltando, porque hoje as pessoas querem ter sua liberdade de pensamento, cada um trabalha e tem seus objetivos próprios. Quando dormem assim significa que existe confiança um no outro”.

Afastados e assimétricos

Se vocês dormem de costas, mas afastados e em posições destoantes, aí sim é hora de prestar atenção na vida a dois. “Significa que o casal está num momento difícil e disputando espaço, e pode até haver uma ruptura. Está acontecendo a perda da intimidade entre os dois”, alerta.

De frente um para o outro

Os casais que acordam se olhando podem ser considerados bem conectados e em um relacionamento muito próximo. “Eles têm condições de lidar com seus problemas individuais, têm espaço, mas isso não cria afastamento entre os dois”, garante.

No ombro


Foto: Jupiterimages/Pixland

Apesar de ser mais comum as mulheres se encostarem no ombro do parceiro, o contrário também pode acontecer. Oliveira diz que existem estudos que comprovam que a proximidade com a axila faz com que a mulher se sinta mais relaxada, por conta dos feromônios liberados pela região. “A pessoa que coloca a cabeça no ombro se sente segura e amparada por aquele parceiro”, completa.

Espalhados na cama

Vocês dormem esparramados e até acabam empurrando um ao outro durante o sono? Ligue o alerta, porque isso pode indicar problemas: “isso é caraterística de pessoas inseguras e com baixa autoestima, que não estão alinhadas uma com a outra”.

Pés e mãos se tocando

Tocar o outro com carinho durante o sono é positivo, mas pode ser também que você deseje ainda mais atenção do amado. “Significa que você gostaria de ter a pessoa mais próxima”, fala.

Travesseiro entre as pernas

Acredite, o travesseiro no meio das pernas não é apenas por conforto. Quem faz isso está, na verdade, demonstrando o que sente em relação ao afeto que recebe. “Isso quer dizer carência, que você está precisando de carinho e que o outro não está cumprindo tão bem o seu papel”, finaliza.

(Fonte: Portal Daquidali – Naiara Taborda / Foto: Jacob Wackerhausen/iStock; Igor Mojzes/iStock; Wavebreakmedia Ltd/Wavebreak Media; Jupiterimages/Pixland)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.