Lendo agora:
O desempenho do parceiro no sexo deixa a desejar? Especialista conta como melhorar
Artigo completo 3 minutos de leitura

O desempenho do parceiro no sexo deixa a desejar? Especialista conta como melhorar

Criar o clima para falar sobre o assunto é essencial, segundo a pesquisadora

xuxu_img_principal (1)

Além de parte importante do relacionamento, sexo é uma delícia – isso quando o casal está na mesma sintonia, claro. Às vezes, no entanto, nem tudo o que amado faz agrada e aí falta coragem ou cumplicidade para revelar o que está acontecendo. Para Maria Toledo Bruns, líder do Grupo de Pesquisa da Sexualidade Humana no Brasil, quando o parceiro faz algo que não é prazeroso para você, pode faltar sensibilidade para perceber sem um empurrãozinho..

Como lidar

Para a profissional, o principal é escolher o momento certo de abordar a questão. Não adianta trazer o assunto para a mesa do café da manhã ou outra situação sem contexto: isso deve ser tratado na hora do sexo. “É como ir guiando o parceiro, dizendo na hora o que está bom e onde colocar as mãos, por exemplo. Homem gosta de sussurro, então a ideia é falar como se não fosse planejado para melhorar o que não estava tão bom”, explica.

De acordo com a pesquisadora, uma maneira de amenizar essas situações é, em vez de reclamar do que está errado, elogiar os pontos fortes. “Em um momento que os dois estão juntos, é bom falar do que gosta para ele. Exaltar os toques eróticos e dizer o que gostaria que fosse feito um pouco mais”, explica.

Invista na cumplicidade

Maria Toledo Bruns destaca que o poder falar é o maior benefício que o relacionamento traz ao sexo. “O sexo casual normalmente é muito rápido, então a mulher acaba muitas vezes não ficando satisfeita”, explica. Para ela, não há como uma relação ficar prazerosa se o casal não puder criar essa cumplicidade.

Então, se um dos dois está insatisfeito, falta uma atmosfera de segurança. “Tem que criar o clima de falar, pois é um investimento na relação”. A pesquisadora frisa que o desejo de satisfazer um ao outro e a intimidade só facilitam isso. “Ao ir falando o que é gostoso ou não, o casal começa a ter mais intimidade e cria um código só dele. Às vezes, tanto o homem quanto a mulher desconhecem o corpo do outro e, assim, é criada uma linguagem mágica própria de cada casal”. Ela ainda complementa que essa forma de falar dos dois será construída aos poucos. “Não tem receita pronta, senão a gente patenteava”, brinca.

Sem vítimas

Ainda de acordo com Maria, se o homem não está “correspondendo às expectativas”, a mulher não está isenta de responsabilidade. “Não dá para colocar o foco só na mulher, porque só é relação no momento em que os dois investem na relação. A condição para a manutenção de um bom relacionamento é o homem e a mulher investirem”, diz.

 

(Fonte: Portal Daquidali – Beatriz Coppi/ Fotos: Reprodução)

 

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.