Lendo agora:
Felicidade pessoal não é atingir meta, diz Fábio Barbosa
Artigo completo 2 minutos de leitura

Felicidade pessoal não é atingir meta, diz Fábio Barbosa

size_590_Fabio_Barbosa

 

Fábio Barbosa: para presidente do Grupo Abril, não existem pessoas incapazes, e sim perfis diferentes

 

São Paulo –  “Sou frustrado como executivo. Quero contratar profissionais, mas as pessoas sempre vêm junto”. É com essa brincadeira que Fábio Barbosa, presidente do Grupo Abril, argumenta que é impossível separar vida pessoal de trabalho. Para ele, o grande mérito está em saber conciliar as duas coisas. 

Barbosa, que fez carreira no setor financeiro, em empresas como NestléCitibank e Santander, diz que a parte mais fascinante do seu trabalho é “lidar com gente”.

Desde 2011 à frente da Abril, ele diz ter escolhido ir para a empresa – após um histórico de 15 anos trabalhando em bancos –  porque acredita que companhias de comunicação têm um grande poder de reforçar os valores das instituições, influenciar e construir uma cultura de excelência na sociedade brasileira. 

Na noite desta sexta, Barbosa esteve em um bate-papo online promovido pelo projeto Na Prática, da Fundação Estudar. Na conversa, ele contou como construiu a sua carreira e deu dicas para quem ainda está começando. Veja algumas delas:

Faça o que você gosta, não o que te trará mais dinheiro

Barbosa diz que nunca pensou em ser presidente de banco e que sua carreira se construiu mais naturalmente do que ele poderia imaginar. Ele conta que decidiu trabalhar com finanças porque os números eram presença natural na sua vida. “Eu sempre deixava [as tarefas de] matemática para fazer por último, porque achava que era muito fácil”, conta. Segundo ele, ninguém consegue sucesso se não se dedicar ao que ama.

“Tem gente que pensa: vou ser feliz quando chegar lá. Isso não é verdade, a felicidade está dentro de você. É a jornada. Felicidade pessoal não é atingir meta”. 

A lógica é a mesma que ele diz usar à frente das grandes empresas que comanda e comandou. “Não se pode focar em resultado, ele é consequência. É preciso focar nas causas”.

 

(Fonte: Portal Revista Exame – Luísa Melo / Foto: Daniela Toviansky/EXAME.com)

ASSINATURA

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.