Lendo agora:
Amor e Sexo: veja 8 atitudes simples para se reconectar com o parceiro
Artigo completo 3 minutos de leitura

Amor e Sexo: veja 8 atitudes simples para se reconectar com o parceiro

Olhar para si mesmo pode ser a chave para melhorar a grande maioria dos problemas dos casais; veja essa e outras dicas

Fatores externos também podem interferir negativamente na saúde do relacionamento, como sobrecarga no trabalho ou incompatibilidade de objetivos pessoais

Fatores externos também podem interferir negativamente na saúde do relacionamento, como sobrecarga no trabalho ou incompatibilidade de objetivos pessoais

Todo relacionamento tem momentos de altos e baixos. Mas uma simples reflexão individual pode ajudar a diminuir boa parte dos conflitos na relação: aprender a avaliar o próprio comportamento antes de acusar o outro de algo.

“Para a psicanálise, não existem réus nem inocentes quando se trata de um casal. Cada membro da dupla é responsável pelas cores e sombras do relacionamento”, avalia a psicóloga Anna Hirsch Burg.

Feito isso, ao invés de cada um ficar na defensiva para as acusações, os parceiros estarão mais abertos a escutar e a falar sobre os pontos que estão gerando conflitos. A especialista explica que essa técnica fará com que o casal “fique mais íntimo e próximo, caso esteja se sentindo distante”.

— Sensibilidade em relação ao outro e respeito por si mesmo é um fator fundamental para manter o equilibro.

— Nem sempre o problema está no casal. Às vezes, a frustração é particular.

— Sexo satisfatório para ambos também está na pauta.

— Saber ouvir o outro é uma atitude fundamental, avaliam terapeutas.

— Gentileza e educação sempre são bem-vindas em um relacionamento. Cuidar um do outro deve ser ato constante.

— Mostrar para o outro que ele é amado nunca sai de moda.

— Saber quando o problema é individual ou do casal. Saiba separar os sentimentos.

— Nunca esquecer que cada indivíduo continua tendo questões e desejos próprios faz a diferença para o bem-estar da relação.

Fatores externos também podem interferir negativamente na saúde do relacionamento, como sobrecarga no trabalho, incompatibilidade de objetivos pessoais, entre outras situações.

Nesse caso, Antônio Belamoglie, especialista em terapia para casais, recomenda que os dois se perguntem algo fundamental.

“O casal pode refletir e tentar responder a uma pergunta essencial:  ‘se isto não estivesse acontecendo, eu ficaria com o meu parceiro ou com a minha parceira?’”. Segundo o especialista, a resposta pode ajudar a manter os objetivos comuns do casal.

“Conhecer bem o outro e se interessar por aquilo que o deixa feliz são grandes provas de amor. Então, permita-se!”, conclui Antônio.

(Fonte: Portal Jornal Tribuna da Bahia – Amanda Garcia – iG São Paulo/ Foto: Thinkstock)

ASSINATURA

 

 

Lena Sena foi empresária do mundo da moda e também do segmento de alimentação. É designer de interiores e paisagista, duas de suas grandes paixões. Também é arteira, como gosta de ser chamada entre os que trabalham com artesanato, atividade que continua a lhe conferir belas criações.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Input your search keywords and press Enter.